sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

Herança Moçárabe em Portugal

No dia 15 de Janeiro começam os festejos jubilares dos 1100 anos da mais antiga Igreja em Portugal.

A Igreja de São Pedro, de Lourosa é, segundo o seu pároco, o único exemplo de uma Igreja Moçárabe em Portugal.

Quem eram os moçárabes?
Os moçárabes eram os cristãos que viviam na península ibérica durante o domínio árabe. Desenvolveram uma liturgia própria, com muitas influências árabes (não confundir com islâmicas). Depois da reconquista a influência de Roma tornou-se mais forte e, à excepção de Braga, onde vigorava o Rito Bracarense, e Toledo, que sempre manteve o Moçárabe, toda a Península adoptou o rito romano.

Dizia, portanto, que em Toledo ainda se celebra o rito Moçárabe com frequência. Há mais alguns pontos de Espanha onde também se celebra, mas o rito é próprio de Toledo, uma das mais importantes dioceses da Península Ibérica.

Tempos houve em que o rito Moçárabe teria sido o mais usado em Portugal, mas hoje em dia não se celebra em lado nenhum. Tanto quanto consegui apurar houve uma celebração extraordinária na Sé Velha de Coimbra, em 2008.

A Sé de Lisboa tem o privilégio de poder celebrar também o Rito Moçárabe. Já ouvi dizer que só no dia de São Vicente, e numa capela lateral, mas há uns anos o Cónego Lourenço disse-me que esse direito aplica-se todo o ano e em toda a Catedral. Segundo o mesmo, quando foram feitos novos missais Toledo enviou cópias para Lisboa.

Que pena que este rito não seja mais conhecido em Portugal!

Este aniversário parece-me ser uma excelente oportunidade para se promover uma celebração no rito original da Igreja de São Pedro de Lourosa, em Oliveira do Hospital.

No vídeo acima podem ouvir o Pai Nosso cantado segundo o estilo musical próprio do rito Moçárabe, e aqui por baixo podem ver uma reportagem em espanhol sobre esta celebração.



Filipe d'Avillez

2 comentários:

  1. "Os moçárabes eram os cristãos que viviam na península ibérica durante o domínio árabe. Desenvolveram uma liturgia própria..."

    Tanto quanto sei, este rito não foi desenvolvido pelos moçarabes, mas sim pelos Visigodos. Chama-se moçarabe porque foi usado por moçarabes, mas quem o desenvolveu foram os visigodos antes da invasão muçulmana. Até porque o rito remonta aos inicios do século 7, tendo os muçulmanos invadido no inicio do século 8.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, e não. Surgiu pelos visigodos e permaneceu mesmo após o seu desaparecimento. Os cristãos moçárabes são os herdeiros desse rito, que ao longo dos tempos foi ganhando outras características próprias, incluindo a assimilação de elementos árabes. Também o rito latino, já não é igual ao original.

      Eliminar

Partilhar